sábado, 20 de março de 2010

GEMA NO SERVILUZ - ANALISANDO O CASO ESTALEIRO

Alguns membros do GEMA estiveram em investigação de campo. Junto com moradores locais viram de perto o lugar, onde o atual governo do Estado do Ceará pretende construir um estaleiro.
Leia abaixo dois artigos escritos por alunos que participaram da investigação.

UM NOVO TITÃ?

Há alguns dias o bairro Serviluz vem ganhando um certo destaque nos meios de comunicação. Isso porque existe um projeto de construção de um estaleiro, uma fábrica de navios, na praia do titanzinho, um lugar de lazer e sustento dos moradores do bairro. Estive no titanzinho com o grupo de alunos do Curso de Formação Política, que é ministrado por alunos do Curso de Ciências Sociais da UFC e o professor de Geografia da Escola Gov. Adauto Bezerra. Foi uma experiência incrível. Fomos recepcionados e guiados por moradores, que fazem parte da ONG Serviluz Sem Fronteiras. A princípio conhecemos um pouco da história do bairro em seguida fomos à praia, local onde o governo do estado pretende instalar o polêmico estaleiro. A praia é encantadora. Ao contrário do que normalmente é noticiado, o Serviluz é um bairro tranqüilo e com moradores humildes, que tiram do mar seu sustento através da pesca, que comercializada entre os moradores locais.

A chegada de um estaleiro naquele lugar só traria problemas, apesar de o governo anunciar melhorias para os moradores, como novos empregos, o estaleiro acabaria com o patrimônio natural, deixaria vários moradores sem casa e os novos empregos anunciados são para pessoas com experiência e com certeza pessoas que não são do serviluz, como já aconteceu em momentos anteriores. Entre os próprios moradores há certa divergência de opiniões; alguns defendem e outros reprovam a construção do estaleiro. É necessário que todos, não só os moradores locais, mas toda a cidade saiba que esse estaleiro só trará prejuízos e não apenas para as pessoas, mas também para natureza que já está tão prejudicada. Não é correto que uma área de grande beleza natural seja destruída.

Fortaleza é uma cidade cheia de problemas. A educação é um descaso, no Serviluz por exemplo, não tem nenhuma escola de ensino médio e a saúde pública é uma tragédia. Se todo o dinheiro que pretende ser investido nesse projeto fosse revertido em causas mais urgentes e necessárias com certeza os benefícios seriam bem maiores e todos sairiam ganhando, quer dizer nem todos; as grandes construtoras que participam das licitações ficariam muito tristes.

Francisca Evelyne Carneiro Lima.

Aluna da Escola Gov. Adauto Bezerra.

Membro do GEMA – Grupo de Estudos do Meio Ambiente.

ESTALEIRO, O CASO.

Dia 02 de março, presenciei na câmara municipal a audiência sobre a construção de um estaleiro na praia do titanzinho. Por ser a primeira vez que ia a câmara não sabia muito bem o que esperar dessa audiência. Ao chegar era fácil perceber uma desordem dentro da câmara, muito barulho de ambas as partes, em maioria havia moradores do Serviluz, surfistas, pescadores e algumas pessoas que eram a favor da preservação da praia do titanzinho, do outro lado alguns moradores e lideranças que defendiam a implantação do projeto do estaleiro. Ao começar a audiência houve certo tumulto, já que pessoas contrárias e a favor do projeto não paravam de bater boca entre si, uma coisa que observei bem, foi a educação que os políticos tinham ao apresentar proposta e opiniões, não era difícil perceber que eles tem certa facilidade em mudar opiniões, principalmente de pessoas que não tem tanta formação política. Passavam varias pessoas pela bancada todos apresentando seus projetos, primeiro o governo que apresentou um vídeo sobre como vai ser o projeto do estaleiro dando como exemplo o estaleiro implantado em Pernambuco, logo depois a proposta do município de restaurar a orla da cidade incluindo a praia do titanzinho e o bairro Serviluz, depois uma pessoa representando a união falou que não havia sido entregue nenhum dos dois projetos pra o governo, até a hora que fiquei, foi apresentando opiniões de pessoas que moravam na comunidade sendo elas grandes figuras do bairro, nessa parte houve mais tumulto dentro da câmara, sendo quase impossível se estabelecer um ambiente onde haja um debate produtivo.

Na minha opinião o que era pra ser um debate onde se desenvolveria uma idéia sobre o que fazer para melhorar a situação dos moradores do Serviluz, acabou sendo só um bate boca entre pessoas que eram e que não eram a favor, uma pena, pois se estivesse lá somente quem realmente se interessa pelo assunto, não haveria o desperdício dessa oportunidade de debater um assunto tão importante. Eu mesmo escutei alguns moradores falando coisas como, “quando isso vai acabar, eu quero assistir malhação”,” Coisa mais chata”, por que eles estariam ali então? Será que alguém financiou pra eles estarem ali?. Ao visitar a praia do titanzinho e a comunidade do Serviluz, se percebe que lá é um lugar que foi esquecido pelas autoridades publicas, lá não há escola de ensino médio, a taxa de desemprego é alta e não há saneamento básico próximo da área da praia, eles precisam sim de empregos e de uma condição de vida melhor, mas o local tem um potencial turístico enorme, e se bem explorado irá trazer benefícios para o bairro sem mudar as características daquela área.

terça-feira, 9 de março de 2010

GAIA - O FILME




CARTAZ DE DIVULGAÇÃO.
Ficha técnica:
Intérpretes: Ana Luzia Simões-Adriana Braga-Anderson Oliveira-André Filho-Braiam Lima-Bruna Paula-Carlos Filho-Diego Costa-Gislane dos Santos-Glayciane Silva-Gustavo Santiago-João Paulo-Juliana Tedequental-Leonardo Silva-Nissi Medeiros-Tiago Sousa.
Participação Especial: Cleber Fernandes-Felipe Rebouças-Jeferson Ferreira.
Coreografia: Cleber Fernandes.
Fotografia: Joelmo Ávila.
Maquiagem: Gabriela Lima e Larissa Maciel.
Figurino: Criação coletiva.
Edição: André Filho, Érikson Maciel e Joelmo Ávila.
Roteiro-produção e direção: Henrique Gomes de Lima
Duração: 25 minutos.


AUDITÓRIO LOTADO. PIPOCA E REFRIGERANTE. ENTREVISTA COLETIVA E TUDO MAIS. ASSIM FOI O LANÇAMENTO NO DIA 03 DE MARÇO DE 2010 DO CURTA METRAGEM, GAIA. RESULTADO DA MONTAGEM TEATRAL EM QUE O GEMA PROVOCOU REFLEXÕES SOBRE NOSSA RELAÇÃO COM O PLANETA TERRA. DIVIDIDO EM SEIS ATOS OU CENAS O FILME MOSTRA GAIA, DESDE SUA ANUNCIAÇÃO, PASSANDO PELA MORTE E RESSURREIÇÃO. EMBORA REALIZADO DE FORMA MODESTA E SEM TRATAMENTO DE IMAGENS O RESULTADO É DE ENCHER OS OLHOS.

Pesquisa: http://adautoescola.blogspot.com/

quarta-feira, 3 de março de 2010

Súplica pela natureza


P recisamos nos conscientizar
R ever nossos pensamentos e ações
E xiste algo que está
S ofrendo muitas transformações.
E sperar não devemos mais
R esponsáveis nós somos pela paz e
V alorização do nosso habitat.
A amanhã será tarde demais, por isso precisamos
R espeitar e preservar a nossa riqueza.

É uma grande fonte de vida para todos nós.

P reciosa mãe natureza:
R echeada de muitas belezas;
E sperança viva para quem é capaz de preservá-la.
C onsolo para os que vivem a chorar.
I spiração para os poetas que cantam a paz
S obrevivência daqueles que dela sabem cuidar
O rgulho e aconchego de quem sabe amar.


de Maria Dionésia Santos da Silva
Santa Cruz do Piauí - PI - por carta

Um soneto à Natureza




Quero ver de novo o verde dessas matas
Ver essas águas abundantes, cristalinas,
Poder banhar-me nesses rios e cascatas
Saciar a minha sede nessas minas.

Quero banir essa cortina de fumaça
Que deprecia o azul do céu e do mar
Ver preservadas essas imensas geleiras
Garantindo a vida do urso polar.

Quero ver flores adornando esses canteiros
Peixes, baleias e golfinhos resguardados
A arara azul liberta do cativeiro.

Pena que o homem ainda não tenha consciência
Do patrimônio que a ele foi confiado
E não lute em prol da sobrevivência.


de Lourdes Neves Cúrcio
Barra Mansa - RJ - por correio eletrônico


terça-feira, 2 de março de 2010

Terremoto no Chile:





Um novo terremoto atingiu o Chile na madrugada desta segunda-feira (1º). A magnitude do tremor foi de 6,2 graus, segundo o Centro de Geofísica dos Estados Unidos. No sábado, foi registrado terremoto de 8,8 graus na escala Richter. O epicentro do tremor desta segunda-feira foi a 109 quilômetros ao nordeste de Talca e a 35 quilômetros de profundidade. Mais de 600 brasileiros estão no país chileno aguardando resgate das autoridades do Brasil. Até o momento, foram confirmados a morte de 723 pessoas.


Os últimos fenômenos registrados em diversas partes do nosso planeta, é um alerta da natureza ameaçada, e em sua defesa devolve ao agressor a reciprocidade.Estar na hora do homem com sua "CONHECIMENTO" analisar e compreender as causas da revolta da nossa mãe natureza e protegê-la.
Ocorreu um erro neste gadget