quarta-feira, 31 de julho de 2013

Adeus Parque Ecológico do Rio Cocó.

Não precisa ser geógrafo, arquiteto, sociólogo ou historiador para perceber que a cidade de Fortaleza está "inchada".

E agora como se não bastasse o que resta da cobertura vegetal natural da cidade está seriamente comprometida e condenada a extinção.

O Iguatemi já destruiu quase tudo, a especulação imobiliária já domina e agora em nome da última moda " mobilidade urbana": que o Parque do Cocó vá para o inferno! 

Pontes, túneis, viadutos, prédios, aterramentos, desmatamentos, ocupação das dunas; tudo pode no Parque. 

- Vereadores mercenários e ignorantes: nem aí;
- Prefeito laranja: nem aí;
- "Paralamentares estaduais": nem aí;

Parabéns aos que estão resistindo, ocupando e denunciando!

O GEMA precisa se fazer presente.

Henrique Gomes de Lima.
Ocorreu um erro neste gadget