domingo, 27 de fevereiro de 2011

Rios de Fortaleza atingem altos níveis de poluição.


Residuos sólidos, esgoto clandestino, efluentes industriais, carreamento de poluentes pela chuva, criação de animais, aplicação de pesticidas e fertilizantes são alguns dos maiores poluentes dos manaciais, encontrados pela UFC, em análise solicitada pelo Diário do Nordeste
Reportagem de hoje da capa do Diário do Nordeste, sobre essas informações que constam somente na primeira página do jornal, já não é nenhuma surpresa para a população que vive em Fortaleza ou até mesmo as cidades que tem relação com os rios do nosso Ceará, muito fácil observar a cor, cheiro e a quantidade alarmante de lixo e a qualidade da vida dentro desses rios (dificil ver peixes saudaveis nos braços d'agua), o que podemos alertar aqui, é que isso não acontece somente dentro das grandes cidades, a poluição está presente em grande parte dos cursos dos rios, lendo a reportagem inteira podemos ver mais algumas informações que realmente pode gerar surpresa a pessoas não tão informadas sobre a situação dos rios que cortam a cidade.

Testes feitos pela UFC...Mostram que de 12 pontos analisados, só uma nascente é limpa
Fica o alerta, a nossa cidade deve e precisa cuidar dos nossos rios, hoje repressados e manipulados de acordo com a vontade do gorverno, a cidade de fortaleza junto com seus habitantes, devem começar a ter uma nova maneira de se relacionar com os rios, eles não podem ser considerado uma lixeira e muito menos um escapamento para dejetos de grandes empresas, se bem cuidado e quando se ver pontos positivos em cuidar bem deles, poderemos ver outras cidades seguir o modelo de preservação. Ai poderemos (quem sabe) ver o rio limpo com suas nascentes em excelente estado de preservação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget