terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Contribuições do GEMA no parlamento cearense.

Perceber seu lugar, compreender-se enquanto "Ser" propositivo. É assim que deve postar-se os indivíduos. Dividimos uma vivencia realizada por Lucas Gonçalves Monte, um dos nossos membros, enquanto foi Deputado Estadual Jovem.



                Como alguns sabem ou leram em outro texto do blog, eu tive a oportunidade de fazer parte do Parlamento Infanto-Juvenil Cearense e fui nomeado Dep. Estadual Jovem por um tempo e nesse período eu apresentei um projeto de lei.

                Na época as pessoas diziam muito que eu não ia fazer nada, porque político não faz nada, então eu apresentava a ideia do meu projeto e é isso que vou fazer agora, falar sobre o projeto de lei que apresentei aos parlamentares.

                Basicamente a minha ideia era transformar um projeto de educação ambiental desenvolvido na escola Adauto Bezerra pelo GEMA (Grupo de Estudos do Meio Ambiente). O projeto desenvolvido pelo grupo se chama “Acerte o cesto” e tem como objetivo analisar o consumo e o descarte do papel na escola.
                Em cada sala existem cestos específicos para o depósito do papel e os alunos são orientados para fazer o descarte do papel nesses cestos sem amassar o papel, pois isso dificulta a reciclagem. Também são orientados sobre o consumo do papel na escola"

Fonte:lucasgmonte.blogspot.com.br/search/label/Projetos

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Gaia - Planeta Terra. É bom respeitá-lo.


Depois do texto do nosso companheiro Gustavo Saraiva Santiago sobre poluição na nuvem digital, trazemos agora um vídeo do You Tube que mostra o poder da Tsunami que varreu a superfície da Indonésia em 2004. Muito bem editado, e apesar da qualidade das imagens é possível perceber o quanto a humanidade precisa conhecer a se adequar às características do planeta. Respeitar seu comportamento e suas particularidades. A Terra não existe por nossa causa. Nós é que existimos por causa dela.


sábado, 28 de dezembro de 2013

Poluição na nuvem digital: será possível?



Por Gustavo Santiago*

O uso da nuvem nos dias atuais vem sendo favorável nas mais diversas situações, simples, crie uma conta, coloque todos os seus arquivos no servidor da nuvem (sem gastar espaço na memória do seu computador e sem usar mídias removíveis para backup) e pegue os mesmos arquivos em qualquer computador ou smartphone de onde você estiver. Nossa, isso parece coisa de cinema, não acha? O armazenamento vai desde música a até relatórios empresariais extremamente atrasados ou documentos oficiais governamentais, imagina você esquecendo o pendrive ou HD (Dísco Rígido) externo em casa, daí se lembra que colocou os arquivos que precisava em nuvem, acabou-se os problemas, são 2 passos: logou...baixou.

Essa é uma das tecnologias que vem se tornando cada vez mais populares mundialmente, segundo a Gartner (empresa que desenvolve pesquisas sobre tecnologia) até 2014 será investido no cloud computing cerca de 148,8 bilhões de dólares em todo o mundo por empresas de serviços em nuvem e de acordo a Cisco (empresa que desenvolve tecnologias para o uso de hardwares/softwares de rede além de infraestrutura tecnológica) o trafego pela internet aumentará 4.5 vezes a mais do que atualmente até 2017 (680 milhões – cerca de 12% da população do planeta, segundo a ONU e dessas 680 milhões, 32 milhões são brasileiros).

Ai vem a pergunta que você já deve ter feito...o que isso tem a ver com poluição? A resposta é simples, tudo! A nuvem pode ser uma tecnologia incrível, porém ela necessita de um processo de vários fatores para funcionar e é ai que podemos encontrar os problemas! Se a nuvem é digital, ela necessita de uma coisa que foi descoberta e que há tempos atrás também era considerada como mágica: a Eletricidade. Toda vez que você faz um upload (nome usado para o procedimento de envio de arquivos para a internet), todo um sistema de plataformas eletrônicas conhecido como data centers é adicionado com isso, dezena de fileiras recheadas por servidores geram informações que vão de computadores a smartphones e faz a nuvem funcionar, esse processo não para, seu consumo de energia também não. 

De acordo com o Greenpeace, em 2010 essa demanda de energia era de 623 bilhões de kWh. Os mais de 2 milhões de pessoas na internet consomem mais energia do que grandes países como Brasil, Índia e Alemanha e os números aumentam. 45% da matriz energética dos Estados Unidos, lar dos mais de 30 milhões de data centers do mundo, vem do carvão mineral queimado em usinas termelétricas, que emitem gás carbônico e contribuem para as mudanças climáticas causadas pelo efeito estufa.

* Gustavo Saraiva Santiago 
Graduando em Sistemas de Informação
 Centro Universitário Estácio do Ceará, 3° Semestre.
Membro efetivo do GEMA.


domingo, 22 de dezembro de 2013

O FIM DO COMEÇO DE NOVO.

Em 2013 d.C.

Ganhamos novos membros. Novos em tudo. Coragem, audácia, ideias, conflituosos, ponderados, curiosos, sonhadores e resolutivos.

Mantivemos os laços que nos unem, fortalecemos as relações, conhecemos mais nossa própria história. Completamos 05 anos.

Mais um projeto de sucesso. De público e principalmente de crítica. Aprendemos muito. E, para não perder o hábito passamos por muitas provações. E com certeza muitas outras virão.

E 2014?

Fazer tudo de novo. Tornar o velho novo e o novo velho. Compreender como gira  a história do mundo e se preciso for girar ao contrário.

Grandes planos. Realizar o primeiro evento universitário do Grupo em algum lugar da cidade ou fora dela.

Novas pesquisas e iniciativas. Segunda edição do Diálogos.com? Investigações do espaço? Refazer novas intervenções de Arte? Criar novas intervenções? Reativar o Laboem? Implantar a Política Nacional de Resíduos Sólidos do Adauto Bezerra? Buscar financiamento? Registrar o Grupo oficialmente? Levar nossas ideias para outras unidades de ensino?  Editar e publicar uma revistas e/ou um jornal?

Não sei. Pode ser tudo isso. Pode ser nada disso. Pode ser outros issos. 

Avante vingadores!!!
Sigam-me os bons!!! 
 

domingo, 15 de dezembro de 2013

O QUE É UM GRUPO?

Para a Sociologia, um grupo é um sistema de relações sociais, de interações recorrentes entre pessoas. Também pode ser definido como uma coleção de várias pessoas que compartilham certas características, interajam uns com os outros, aceitem direitos e obrigações como sócios do grupo e compartilhem uma identidade comum. Para haver um grupo social, é preciso que os indivíduos se percebam de alguma forma afiliados ao grupo de maneira forma ou informal.

Existem os grupos primários que são pequenos e com relações íntimas; é o caso das famílias. Há também os grupos secundários: grandes e com relações formais e institucionais podem durar anos ou terem curta vida, já os intermediários podem alternar as duas características anteriores é o caso das escolas.                        


Que tipo de grupo é o GEMA?

Nos encaixamos nas definições técnicas? Não sei, e na verdade não sei se quero saber. Acho que somos Razão e Emoção. É como afirma nossa frase característica: lugar de sonhos, espaço de ideias, paisagem de desejos e território de ação.

No último encontro tivemos, sábado dia 14 de dezembro de 2013, aconteceram eventos indescritíveis. Foi nossa confraternização. Foi muito forte.

Acreditamos que os membros que não puderam comparecer tiveram motivos superiores. Mas foi um encontro verdadeiramente histórico. Saibam os que deram uma "passadinha" no AB:


Tiago Souza, Carlos, Ana Luzia, Joelmo Ávila, Diego Lima, Anderson, João Paulo, Suzy Sousa, Gislane Santos, Evelyne Lima, Jackson Barbosa, Marylia Marques, Mayara Freitas, Lucas Gonçalves, Adson Ribeiro, Ana Mayla, Ana Mistye, Mariana Crislânia, Carmem Janiele, Saulo, Erberson Rodrigues, Gustavo Santiago, André Rocha, Shelda, Joyce, Kessia, Jonatas, Marlom, Camila Lima, Daniel, Lucas de Paula, Isabele Oliveira, Sandro, Mariana Silva, Debora Evelyn e Nayane Larissa.

É cabalístico: parece ser a mesma quantidade de pessoas da primeira reunião formal acontecida no dia 21 de junho de 2008.












quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

De volta à fonte - Encontro de confraternização 2013.


Membros de todos os lugares, de todas as épocas e de todos os tempos. Como nos últimos quatro anos nos encontraremos novamente para nos irmanarmos. Contar e ouvir histórias e estórias que nos são comuns. Almoçaremos juntos na Escola Adauto Bezerra, a partir das 10:00hs, no dia 14 de dezembro de 2013 d.C.
Ocorreu um erro neste gadget